6 pilares dos links patrocinados – O que você não pode deixar de observar em uma campanha.

Apostar em Links Patrocinados é uma ótima opção para quem deseja aumentar o tráfego de um website ou blog de maneira rápida ou aumentar as vendas de um produto ou serviço. Trabalhar com links patrocinados exige conhecimento por parte de quem administrará a campanha, não somente das ferramentas como também do nicho de mercado no qual estará atuando.

Neste artigo vamos explicar o que são os links patrocinados, por que eles são tão importantes e como você poderá construir a sua campanha se baseando em 6 pilares principais. Confira:

6 pilares dos links patrocinados

O que significa o termo Links Patrocinados?

O primeiro passo é entender o que é essa palavra complexa. Os Links Patrocinados nada mais são do que maneiras de anunciar os links dos seus sites em espaços privilegiados das plataformas. Essa é uma estratégia de marketing muito utilizada e possui diversas maneiras de ser feita. Uma das formas é através do famoso Google Adwords, uma das maiores plataformas de Links Patrocinados do mundo.

ebook-geracao-de-leads-com-google-adwordsNo Google Adwords, o modelo de anúncio é baseado em um sistema de leilão no qual quem dá o maior lance e possui as páginas mais otimizadas alcança as melhores posições dos resultados de busca.

Por que investir em Links Patrocinados?

Tanto para quem está começando um negócio quanto para quem já possui um, os links patrocinados são uma maneira interessante de trazer resultados mais imediatos para as suas estratégias. Além disso, os seus links estarão sendo distribuídos e mostrados para potenciais clientes que estão buscando temas relacionados a sua empresa, aumentando, significativamente, as chances de vender o seu produto ou engajar esse usuário.

Como estruturar a minha campanha?

Para começar a sua campanha você precisará se cadastrar no Google Adwords, escolher o quanto de orçamento será investido na sua campanha e então começar a preencher as configurações que serão exigidas pela plataforma. Depois disso, você irá preencher os textos dos seus anúncios bem como os links das páginas que serão anunciadas e o lance que você dará por cada clique.

Caso você precise de uma ajudinha para configurar suas primeiras campanhas, o time de especialistas do Google podem te dar suporte gratuito e dicas para você aproveitar o máximo potencial da ferramenta.

6 pilares dos links patrocinados que você não pode deixar de observar na hora de estruturar a sua campanha

Nesse processo, com certeza você irá se deparar com alguns termos que você não conhece, mas que é preciso que você passe a conhecer e compreender para poder otimizar a sua campanha e conseguir bons resultados. Separamos abaixo alguns deles, os 6 pilares para que você estruture a sua campanha corretamente. Confira:

1 – CPC:

Essa é uma abreviação para termo Custo Por Clique. O valor do CPC é o valor que irá custar, aproximadamente, cada clique em seu link. Esse valor serve para que você possa ter uma estimativa de quanto precisa investir e também de quanto deve oferecer de Lance.

2 – LANCE:

O lance é o valor que você está disposto a pagar por clique. Lembre-se de que quem paga mais leva as melhores soluções! O ideal é basear-se no valor indicado pelo CPC.

3 – PÁGINA DE DESTINO:

A página de destino é a página para a qual o seu cliente será levado. Ou seja, o link que ele irá acessar. Lembre-se que essa página de destino deve ser bem otimizada para reter os seus possíveis clientes.

4- CTR:

A abreviação para o termo Click Through Rate é uma métrica que irá mostrar se os seus anúncios estão sendo efetivos ou não. Se o seu CTR estiver baixo os seus lances terão de ser maiores, por isso, se quiser economizar e ter melhores resultados é preciso otimizar o CTR. O cálculo para essa métrica é o número de cliques dividido pelo número de visualizações do anúncio.

5- CPM:

Esta é a abreviação para o termo Custo por Mil. Portanto, o CPM é o valor que cada mil visualizações do seu anuncio lhe custará.

6- LANDING PAGE:

A landing page é uma página para captação de leads (contatos/clientes). Geralmente ela precisa ser otimizada, intuitiva, com um formulário ou call to action (“chamada para ação”) e deverá captar contatos e dados desses leads para que você possa realizar a venda posteriormente.

Gostou? Quer saber mais sobre links patrocinados ou precisa de ajuda para criar a sua campanha? Entre em contato com a Agência Tag2. Somos especialistas em marketing digital e ficaremos felizes poder ajudá-lo!

Tags

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

top